segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Uma janela entre as estrelas

Mudando a cara, mudo o jeito de pensar
Se uma gota de uma lágrima derramada
Acaricia seu rosto enquanto você ri e diz que é "a chuva"
E é mais doce o medo se você me tem em um abraço teu
Posso sentir até o cheiro da noite
Enquanto você continua a me surpreender
Desenho uma janela entre as estrelas para dividir com o céu
Para dividir comigo
E, em um momento, eu te dou o mundo
Te beijar e então descobrir que o oxigênio chega direto ao meu coração
Só se você me beijar
E não sentir necessidade mais de nada
Não pare com aquele jeito de preencher as palavas
De cores e sons capazes de mudar
O mundo que eu não era capaz de ver
E é mais doce o medo se você me tem em um abraço teu
Posso sentir até o cheiro da noite
Enquanto você continua a me surpreender
Desenho uma janela entre as estrelas para dividir com o céu
Para dividir comigo
E, em um momento, eu te dou o mundo
Te beijar e então descobrir que o oxigênio chega direto ao meu coração
Só se você me beijar
E não sentir necessidade mais de nada
Desenho uma janela entre as estrelas para dividir com o céu
Para dividir comigo
E, em um momento, eu te dou o mundo
Te beijar e então descobrir que o oxigênio chega direto ao meu coração
Só se você me beijar
E não sentir necessidade mais de nada